24 de outubro de 2020
  • Gastronomia.com España
  • Gastronomia.com México
  • Gastronomia.com Perú
  • Gastronomia.com Colombia
  • Gastronomia.com Paraguay
  • Gastronomia.com Argentina
  • Gastronomia.com Ecuador
  • Gastronomia.com Portugal
  • Gastronomia.com USA
Siga-nos no  

12 de março de 2020
Avaliação  53 (3)
Vinagre: conheça sua história e seus tipos
FacebookTwitterGoogle PlusLinkedin
O vinagre é um líquido obtido a partir da fermentação alcoólica de vinho ou de uma solução alcoólica de óleo acético. A primeira referência a este produto data da época do Império Romano e estima-se que seu uso na cozinha estaria ligado à produção de bebidas alcoólicas.
 
Sabe-se que este líquido é obtida a partir da actividade de bactérias do tipo "Mycoderma aceti", causando uma reacção química da fermentação de álcool de vinho. Esse processo termina quando não há mais alta concentração de álcool na bebida.
 
No entanto, até 1864, não havia provas, ou não haviam sido explicadas cientificamente, de como o vinagre foi produzido. Foi neste ano, quando o renomado químico Louis Pasteur explicou o processo de produção, resultando no "Método Pasteur ou método de Orleans". Daí surgiriam outros métodos que abordariam diferentes caminhos sobre a produção de vinagre.




 
Há uma grande variedade de vinagres. Quanto mais anos o vinagre tiver, mais intenso será o sabor.
 
Tipos de vinagre e usos:
 
- Vinho Tinto: recomendado para condimentar saladas ou para ensopados de carne e frango. É de cor bordô.
 
- De Maçã: tem pouca acidez e pode ser usado para condimentar saladas, na preparação de guisados ​​ou pratos com frutos do mar. Tem uma cor amarela intensa.
 
- De Xerez: de acordo com o seu período de envelhecimento podemos encontrar: o "vinagre de xerez" (durante 6 meses), o "vinagre de xerez de reserva" (mínimo 2 anos), e o "vinagre de Xerez Gran Reserva "(mínimo 10 anos).
Pode ser usado em pratos com grão de bico, marinados e escabeche. É de cor escura.
 
- Vinho Branco: é amarelo e quase transparente. Recomenda-se usá-lo para peixe, saladas ou para a preparação e conservação de picles.
 
- De Arroz (transparente): é usado principalmente na cozinha asiática para condimentar algas ou preparar arroz de sushi.
 
-'Di Modena ': Denominação de Origem Italiana. Também é conhecido como "balsâmico". É doce e com uma cor bordô muito intensa. É um vinagre perfeito para pratos de carne, legumes, saladas, gelados e sobremesas.
 
Como curiosidade, diremos que o vinagre não expira, embora os especialistas recomendem que seja marcada uma data de consumo preferencial.

Valora esta noticia 

 

Top videos

EVENTOS
19 de junho de 2019
(12)
FIBEGA MIAMI 2019